Polícia

Polícia Civil investiga desaparecimento de advogado após ‘conselhos’ a suposto cliente em Pirapozinho

Carro da vítima foi encontrado nesta quarta-feira (30), em Tarabai, mas, no veículo, não havia vestígios de luta ou qualquer outro indício que mostrasse o que aconteceu com Wagner Alonso Álvares.

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o desaparecimento do advogado e professor Wagner Alonso Álvares, de 74 anos, morador de Pirapozinho (SP).

Segundo as informações apuradas até o momento, o homem desapareceu nesta terça-feira (29) após dar uma carona a um suposto cliente.

O suposto cliente, já identificado pela Polícia Civil como um rapaz de 26 anos, foi até a residência da vítima, a quem solicitou “conselhos”. Após o término da conversa, pediu que o advogado o levasse até o Terminal Rodoviário. Depois disso, a vítima não foi mais vista.

Cerca de uma hora depois do desaparecimento do advogado, o suspeito, conforme contou ao G1 o delegado Rafael Galvão, responsável pelas investigações, foi visto por testemunhas em um bairro de Tarabai (SP) tentando vender o veículo da vítima.

A venda não ocorreu, tendo em vista que o carro foi localizado pela polícia em um matagal na zona rural, já nesta quarta-feira (30), em Tarabai.

No veículo, não havia vestígios de luta ou qualquer outro indício que mostrasse o que aconteceu com o advogado.

De acordo com o delegado, foi instaurado inquérito policial e buscas ininterruptas têm sido feitas com o objetivo de localizar Wagner Alonso Álvares.

Galvão acrescentou ao G1 que acredita que o caso seja concluído ainda nesta quarta-feira (30), tanto com a localização do suspeito quanto a da vítima.

Carro da vítima foi encontrado  — Foto: Cedida
Carro da vítima foi encontrado — Foto: Cedida

 

Venda por R$ 3 mil gerou desconfiança

Conforme as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito foi à casa da vítima para pedir que o levasse até o Terminal Rodoviário, pois havia “pessoas atrás dele”. O advogado saiu de sua residência sem celular e não retornou. A esposa da vítima relatou o desaparecimento à polícia por volta das 14h.

Pouco depois da comunicação, os policiais receberam uma ligação de uma testemunha, que informou que o suspeito havia ido até sua residência, em um bairro da zona rural, em Tarabai, e oferecido o veículo, um Toyota Corolla, para venda, pelo valor de R$ 3 mil.

No mercado, o carro está avaliado em mais de R$ 55 mil.

O homem, desconfiado da atitude, ligou ao cartório do município e tomou conhecimento de que o carro era de propriedade de Wagner Alonso Álvares.

O suspeito saiu rapidamente do local e abandonou o veículo, que foi encontrado em um matagal próximo a Tarabai, por volta das 17h30. Estava com os vidros abertos, sem a chave e sem sinais de luta ou respingos de sangue.

Próximo ao local foram feitas buscas pelo advogado, mas não o encontraram. O carro foi apreendido pela polícia.

Polícia Civil investiga o desaparecimento do advogado e professor Wagner Alonso Álvares — Foto: Cedida
Polícia Civil investiga o desaparecimento do advogado e professor Wagner Alonso Álvares — Foto: Cedida

 

Por Aline Costa

Fonte: G1 Presidente Prudente

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios