Polícia

Homem é encontrado morto com corte no pescoço em construção abandonada em Dracena

Dois homens, de 31 e 48 anos, fora identificados como suspeitos do crime. Polícia Civil investiga o caso.

Um homem, de 42 anos, foi encontrado morto com um corte no pescoço na noite deste sábado (11), em uma construção abandonada, em Dracena (SP). Dois indivíduos, de 31 e 48 anos, foram identificados como suspeitos do crime.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar recebeu uma informação sobre o encontro de um cadáver. O local, onde estava o corpo, é a construção de um shopping, que está abandonada. O homem foi localizado no chão do terceiro andar.

Segundo a ocorrência, a vítima estava com um corte no pescoço e todo ensanguentado.

A polícia recebeu denúncias sobre a suspeita de dois homens terem cometido o assassinato. Após diligências, os indivíduos foram encontrados.

Homem é encontrado morto com corte no pescoço em construção abandonada — Foto: Carlos Volpi/TV Fronteira
Homem é encontrado morto com corte no pescoço em construção abandonada — Foto: Carlos Volpi/TV Fronteira

 

Um deles, conforme o BO, alegou que estava no horário e no local do crime, porém, negou a participação com a morte da vítima, dizendo que estavam consumindo droga.

De acordo com a polícia, nada foi encontrado com os suspeitos que poderia ter sido usado como objeto do crime.

A Polícia Civil pediu a prisão temporária, por 30 dias, dos suspeitos de cometerem o assassinato.

A perícia foi até o local e o corpo da vítima foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) de Dracena para realizar o exame necroscópico.

A Polícia Civil investiga o caso.

Homem é encontrado morto com corte no pescoço em construção abandonada — Foto: Carlos Volpi/TV Fronteira
Homem é encontrado morto com corte no pescoço em construção abandonada — Foto: Carlos Volpi/TV Fronteira

 

Por Carlos Volpi

Fonte: G1 Presidente Prudente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios