Geral

Sitiante recebe multa de mais de R$ 16 mil pela derrubada de 54 árvores nativas em Martinópolis

Autuação foi realizada pela Polícia Militar Ambiental em uma propriedade rural nesta quarta-feira (14). Corporação chegou ao local após uma denúncia.

A Polícia Militar Ambiental multou um sitiante em R$ 16,2 mil pela derrubada de árvores nativas em Martinópolis. A autuação foi feita nesta quarta-feira (14).

Uma equipe da polícia foi até a propriedade rural para averiguar uma denúncia de corte de árvores.

No local, os militares constataram a supressão isolada de 54 árvores nativas, degradação causada pelo arrendatário da área que estava sendo preparada para cultivo de soja.

Mediante a isso, foi elaborado um auto de infração ambiental no valor de R$ 16,2 mil, incorrendo no disposto do artigo 53 da Resolução SMA 48/2014.

Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental
Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental

 

Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental
Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental

 

Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental
Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental

 

Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental
Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental

 

Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental
Sitiante foi multado pelo corte de 54 árvores nativas em Martinópolis — Foto: Polícia Militar Ambiental

 

Fonte: G1 Presidente Prudente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios