Geral

Polícia Ambiental multa homens em quase R$ 2,3 mil por pesca com método não permitido, em Panorama

Indivíduos praticavam, no Rio Paraná, pesca de espécie nativa com o uso de arbalete quando foram flagrados pelo policiamento.

A Polícia Militar Ambiental flagrou a prática de pesca proibida, em Panorama. Ainda foram aplicadas multas que totalizaram R$ 2.280. O fato foi nesta quinta-feira (6).

Durante patrulhamento náutico pelo Rio Paraná, uma equipe da Polícia Ambiental surpreendeu três homens praticando pesca de espécie nativa com o uso de arbalete, método não permitido.

Com os envolvidos, que estavam em uma embarcação com motor de popa, foram encontrados um arbalete com seta, um par de nadadeiras, duas máscaras de mergulho com snorkel e três quilos de peixe da espécie cascudo, que apresentavam perfurações.

Com os fatos, foram lavrados em desfavor dos envolvidos três Autos de Infração Ambiental no valor de R$ 760 cada, totalizando R$ 2.280.

As autuações foram feitas com base no Artigo 36, parágrafo 1º, inciso III da Resolução SMA 48/2014.

Os materiais utilizados na pesca foram apreendidos e o pescado foi destruído por estar impróprio para o consumo.

Peixes da espécie cascudo e objetos usados na pesca foram apreendidos — Foto: Polícia Ambiental
Peixes da espécie cascudo e objetos usados na pesca foram apreendidos — Foto: Polícia Ambiental

 

Fonte: G1 Presidente Prudente

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios