Esportes

Osvaldo Cruz busca o empate contra o Independente, e primeiro duelo pelas oitavas é marcado por equilíbrio

Fora de casa, Galo sai na frente no primeiro tempo, mas vê o Azulão arrancar o gol de empate na etapa final

Igualdade do começo ao fim

Apontar quem foi o melhor, nesse primeiro encontro entre Osvaldo Cruz e Independente, é uma tarefa praticamente impossível. E seria até injusto cravar algum deles como dono de tal posição nesses dois tempos no Brenão, em Osvaldo Cruz. Azulão e Galo ficaram no 1 a 1, pelo jogo de ida entre os times, pelas oitavas de final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (quarto patamar estadual). Para o time de Limeira, o lado bom está em saber que a decisão será em casa e basta um novo empate. Já para o time do Oeste Paulista deve ficar a satisfação pela busca da igualdade no placar e a manutenção dela após um final de jogo melhor do time visitante. Não seria nada clichê afirmar que a disputa segue bem aberta. E está.

Como fica agora

O jogo de volta será nesta quarta-feira (25), no Estádio Agostinho Prada, em Limeira, às 15h. Por ter melhor campanha, o Galo decide em casa e joga por um novo empate. Já o Osvaldo Cruz precisará da vitória.

Estádio Agostinho Prada, em Limeira, será palco do jogo de volta, nesta quarta-feira (25)
Estádio Agostinho Prada, em Limeira, será palco do jogo de volta, nesta quarta-feira (25)

 

Os artilheiros desta manhã no Brenão

João Victor mostrou oportunismo e abriu o placar para o Galo nos acréscimos da primeira etapa. O gol veio após lançamento, em que ele dividiu com o goleiro Kinzel, de cabeça, e mandou ela para as redes mansamente. Quem também mostrou oportunismo foi o zagueiro Matheus Silva. Ele entrou na vaga de Victor Lopes, ainda na etapa inicial, quando demorou um pouco para ganhar o ritmo da partida. E a volta por cima foi dada em grande estilo, aparecendo livre na área do Galo e deixando o dele.

Osvaldo Cruz x Independente - gol de Matheus Silva, do Azulão
Osvaldo Cruz x Independente – gol de Matheus Silva, do Azulão (Foto: FPF TV/MyCujoo/Reprodução)

 

Mais destaques

O lateral Lucas Porfírio e o zagueiro Carioca, anunciados antes do jogo contra o Galo, estrearam no time titular do Osvaldo Cruz e foram bem. Carioca mostrou segurança e força na defesa, enquanto o lateral apoiou com qualidade e fez boas jogadas com Mosquito. Maranhão, que fechou o trio de reforços, entrou no segundo tempo e deu novo gás ao ataque do Azulão. Pelos lados do Independente, além do gol de João Victor, destaques para o volante Pedrinho, muito atuante tanto na defesa quanto na criação, e para as boas defesas do goleiro Diego.

Carioca, Maranhão e Porfírio (da esq. p/ a dir.) estrearam bem pelo Osvaldo Cruz
Carioca, Maranhão e Porfírio (da esq. p/ a dir.) estrearam bem pelo Osvaldo Cruz (Foto: Pedro Afonso / Osvaldo Cruz FC)

 

Já o que não funcionou

Quando enfrentaram uma marcação bem encaixada, tanto Azulão quanto Galo forçaram muito nas bolas longas, tentando sair rapidamente. Principalmente pelos lados do Osvaldo Cruz, faltou capricho no chamado último passe e nas bolas paradas, embora o gol de emapate tenha saído em uma delas. Dava para ter extraído mais. O mesmo dá para falar das finalizações do Independente, que aumentou o volume de jogo na reta final da partida, mas esbarrou no goleiro Kinzel ou na falta de calma dos seus atacantes. Até na afobação ofensiva o jogo foi igual. E fecha um panorama que promete para o segundo jogo.

Fonte: G1 Presidente Prudente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios