Cidades

Fiscais multam estabelecimentos flagrados em desrespeito a decreto de enfrentamento do coronavírus em Dracena

Agentes da Prefeitura encontraram clientes em consumação nos locais, o que está proibido pelo Poder Executivo em decorrência da pandemia.

Com um novo decreto em vigor restringindo o funcionamento de estabelecimentos comerciais em decorrência da pandemia do coronavírus, os fiscais da Prefeitura de Dracena (SP), juntamente com agentes da Vigilância Sanitária, saíram às ruas do município na noite desta segunda-feira (23) para conferir o cumprimento da determinação.

Ao todo, dez estabelecimentos comercias foram visitados e dois deles receberam multa no valor de R$ 1.028,65 por estarem servindo consumação nos locais para clientes, o que está proibido de acordo com o decreto. Um dos estabelecimentos fica na região central e o outro no Jardim Brasilândia.

A equipe de fiscais da Prefeitura está circulando pela cidade e, quando identifica o estabelecimento comercial aberto, entra para averiguar a situação. Dos dez locais visitados, apenas um deles foi por motivo de denúncia.

A Prefeitura reitera que a esmagadora maioria dos estabelecimentos comerciais está respeitando as normativas do decreto e que não é de interesse do Poder Executivo a autuação das empresas, mas o momento exige sacrifício e compreensão.

Ainda segundo a Prefeitura, só serão multados aqueles que insistirem no descumprimento das determinações municipal e estadual restringindo o funcionamento em decorrência da pandemia do coronavírus.

Agentes municipais fiscalizam estabelecimentos comerciais em Dracena — Foto: Prefeitura/Divulgação
Agentes municipais fiscalizam estabelecimentos comerciais em Dracena — Foto: Prefeitura/Divulgação

 

Agentes municipais fiscalizam estabelecimentos comerciais em Dracena — Foto: Prefeitura/Divulgação
Agentes municipais fiscalizam estabelecimentos comerciais em Dracena — Foto: Prefeitura/Divulgação

 

Fonte: G1 Presidente Prudente

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios